CAC em eventos: qual sua importância?

Já ouviu falar a respeito de CAC em eventos? Essa é uma métrica bastante importante para organizadores, uma forma de analisar os custos para aquisição de participantes e verificar se o retorno está de acordo com o esperado.

Neste post vamos explicar o que é o CAC em eventos, a importância do cálculo e dar dicas de como reduzir esse valor. Afinal, quanto mais baixo for o custo para atrair cada participante, mais altos poderão ser os lucros obtidos com a produção. Boa leitura!

O que é CAC em eventos?

A sigla CAC significa Custo de Aquisição de Clientes. Essa é uma métrica utilizada por empresas em geral que também funciona no setor de eventos. Através do cálculo é possível verificar qual o custo médio para conquistar novos clientes ou, mais especificamente, participantes para a produção.

Para atrair público para um evento é necessário investir em divulgação. Esses investimentos precisam ser planejados de modo estratégico para um bom aproveitamento dos recursos. O CAC auxilia tanto no planejamento quanto na análise de resultados dessas ações.

Um aspecto que o custo de aquisição de clientes também impacta é o valor dos ingressos. Para uma correta precificação é necessário considerar todos os custos envolvidos, inclusive em marketing. O CAC dá uma visão mais ampla, facilitando o controle financeiro.

Se um organizador de eventos verifica essa métrica e descobre que o custo está muito alto, fica ciente de que há algo errado. Aqueles que deixam de acompanhar o CAC em eventos correm o risco de obter resultados financeiros ruins, mesmo que as produções atraiam um bom público.

Como calcular o CAC em eventos?

O CAC em eventos pode ser calculado de duas formas, dependendo do objetivo da produção. A primeira forma se refere aos eventos em que os ganhos vêm da venda de ingressos. Já a segunda é voltada para produções em que o foco está em vender produtos e serviços, nesse caso, a entrada costuma ser gratuita.

Mais uma variação do cálculo está relacionada ao que será analisado, se é o custo total da produção ou apenas os investimentos em marketing. O ideal é fazer os dois cálculos, o primeiro ajudará na verificação da precificação dos ingressos e o segundo no planejamento das campanhas de divulgação. 

A fórmula do CAC em evento é a seguinte:

CAC = Total dos investimentos realizados / Número de participantes conquistados

Exemplos de cálculo do CAC em eventos

Para compreender um conceito é necessário vê-lo sendo aplicado. Então, observe os exemplos a seguir para entender melhor o cálculo do CAC aplicado ao setor de eventos.

Exemplo 1: CAC considerando o custo total do evento

Uma feira de negócios contou com um público de 3 mil participantes. Cada um adquiriu o ingresso no valor de R$ 100,00. A produção teve um custo total de R$ 150.000.

CAC = 150.000,00 / 3.000

CAC = R$ 50

Como os ingressos foram vendidos por R$ 100, a organização conseguiu um retorno de metade do valor, ou seja, R$ 50. 

Exemplo 2: CAC dos investimentos em marketing

Um organizador investiu R$ 10.000 em marketing para divulgação de um festival de música. O evento contou com um público de duas mil pessoas. Assim, temos:

CAC = 10.000,00 / 2.000

CAC = R$ 5,00

Lembrando que esse valor está relacionado apenas aos investimentos em marketing. Então, é necessário considerar todos os outros custos, relacionando com o valor do ingressos, para concluir se o resultado foi ou não positivo.

Dicas para reduzir o CAC em eventos

Como foi possível notar até aqui, é importante buscar maneiras de manter o CAC baixo. No entanto, isso não significa deixar de investir em marketing ou elementos para deixar a produção mais completa e sim agir de modo estratégico.

Quando se tem um bom planejamento, os recursos são utilizados de forma eficiente, garantindo um melhor aproveitamento. Veja a seguir dicas de como reduzir o CAC das suas produções.

Conte com bons fornecedores

Para reduzir o CAC é preciso encontrar maneiras de diminuir os custos com o evento de maneira geral. Para alcançar esse objetivo é preciso contar com bons fornecedores, que prestem serviços de qualidade por bons preços.

Organizadores com mais tempo de experiência costumam contar com empresas parceiras de confiança, com as quais conseguem acordos mais interessantes. Se você está começando, invista na construção desses relacionamentos, pois eles são fundamentais.

Aumente o valor percebido pelos participantes

Mesmo que os ingressos de dois eventos sejam vendidos pelo mesmo preço, o valor percebido pelos participantes poderá ser diferente. Isso porque não se trata apenas de números e sim dos benefícios que aquele investimento poderá trazer.

Se a produção for considerada de má qualidade, com atrasos e atendimento ruim, as pessoas acharão o valor pago alto demais. Por outro lado, se for uma experiência positiva, o preço será considerado justo em comparação aos benefícios oferecidos.

Encontrar formas de aumentar o valor percebido pelos participantes é preciso para precificar seus eventos sem ter que usar o preço baixo como atrativo. Assim, o CAC será reduzido em comparação com os ganhos obtidos.

Otimize os investimentos em marketing

Ao longo da postagem falamos sobre a importância do CAC em eventos para análise dos investimentos em marketing. Uma forma de reduzir o custo para atrair participantes é através da otimização das campanhas de divulgação.

Contar com o suporte de uma agência especializada irá possibilitar investimentos mais certeiros, segmentados e voltados especificamente para o público-alvo. Dessa forma, será possível alcançar mais pessoas pelo menor custo possível.

Aposte em recursos que gerem economia e impulsione as conversões

Por fim, é válido apostar em recursos que geram economia e impulsionam as conversões. Uma plataforma de eventos é um grande exemplo disso, pois facilita a venda de ingressos, o acompanhamento de resultados e ainda possui recursos que ajudam a impulsionar as vendas.

Com a plataforma Lets.events você tem acesso a essas facilidades, além da possibilidade de acompanhar os resultados em tempo real, gerenciar listas de convidados, oferecer opções de parcelamento, programar as vendas em lotes e muito mais!

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *