Como fazer o planejamento de mídias sociais para eventos? – Confira 6 dicas!

A internet, hoje, é o principal meio de divulgação do mercado de entretenimento e de vários outros. Entretanto, não basta criar publicações sem critério, é preciso saber como fazer o planejamento de mídias sociais para eventos para obter bons resultados.

Se você deseja que um grande número de pessoas fique sabendo do seu evento, comente a respeito e queira participar, deve se atentar a algumas ações básicas. Afinal, mais do que likes, é necessário estimular o engajamento, pois é ele que irá levar à conversão.

Neste post você irá entender a importância do planejamento das mídias sociais para eventos e conferir dicas de como criar o seu. Vamos começar?

Importância do planejamento de mídias sociais para eventos

Para alcançar objetivos específicos é necessário traçar um planejamento. Em se tratando de mídias sociais para eventos, é preciso se planejar para ter um norte sobre as estratégias a serem adotadas.

Se você simplesmente criar perfis nas redes sociais com o nome e imagem de um evento, fazendo publicações esporádicas, dificilmente terá algum resultado. Por isso, é fundamental traçar metas e definir os passos necessários para alcançá-las.

No setor de eventos, o que os organizadores buscam costuma ser: engajamento e conversões. Ou seja, as estratégias aplicadas visam atrair a atenção das pessoas, gerar interesse nelas e, em seguida, levá-las a adquirirem o ingresso.

Mas, para chegar lá é preciso muito mais do que compartilhar um link de vendas. O que se deve fazer em primeiro lugar é gerar interesse e o desejo de fazer parte daquele acontecimento.

Quais são as melhores opções de mídias sociais para eventos?

Existem várias opções de mídias sociais, como Instagram, Facebook, Tik Tok, YouTube e LinkedIn. Mas quais são as melhores opções para divulgar eventos?

A verdade é que não existe uma resposta padrão para esse questionamento, porque tudo depende do tipo do evento que está produzindo e do seu público-alvo. Considerar esses pontos é necessário porque cada uma delas conta com um perfil de usuário.

O Instagram e o YouTube, por exemplo, são as redes mais democráticas da atualidade, pois reúnem usuários de diferentes faixas etárias e interesses. Já o Tik Tok é conhecido pela fama entre os mais jovens, que deixaram de lado o Facebook. O LinkedIn, por sua vez, é voltado para negócios e desenvolvimento profissional.

Cada rede social tem as suas características, o que inclui desde os recursos de produção de conteúdo quanto o público. Por isso, para divulgar um evento não é preciso estar presente em todas, uma ou duas são suficientes para um bom resultado.

Dicas para fazer o planejamento de mídias sociais para eventos

Agora que já sabe a importância do planejamento de mídias sociais para eventos, confira dicas de como criar o seu para obter os melhores resultados!

1. Conte com profissionais especializados em mídias sociais

Produtores de eventos que, na tentativa de enxugar o orçamento, decidem fazer a divulgação das suas produções nas mídias sociais, podem acabar tendo o desempenho prejudicado.

Esse é um erro que muitos cometem por acreditarem que, por serem usuários de redes sociais, saberão fazer tudo o que é necessário. Entretanto, para gerar engajamento e conversões é essencial que se tenha técnica.

Por outro lado, o fato de contar com profissionais especializados não anula a necessidade de conhecer esse universo. Quanto mais conhecimento tiver, mais fácil será para medir o desempenho da equipe, fazer sugestões e contribuir para o alcance dos objetivos pretendidos.

Contar com profissionais experientes em redes sociais se mostra necessário para que os investimentos tragam o retorno esperado.

2. Defina o tipo de conteúdo

Para ter sucesso nas redes sociais é preciso oferecer mais do que apenas imagens de divulgação do seu evento. Não à toa, especialistas em marketing digital afirmam que “o conteúdo é rei”. Afinal de contas, é ele que irá atrair interessados.

O tipo de conteúdo que será compartilhado depende especificamente do público a ser alcançado e do tipo de evento. De maneira geral, é válido explorar todas as possibilidades, como vídeos curtos e de maior duração, imagens e stories.

Outra ação fundamental é criar um cronograma com as postagens, com dia e horário definidos baseados em análises do comportamento do público. Em certos momentos do dia, mais pessoas estão conectadas, aumentando as chances de interagirem com o conteúdo.

3. Defina o tom de voz do evento

Cada indivíduo tem a sua forma de se expressar e é preciso levar isso em consideração quando o assunto é mídias sociais para eventos e empresas em geral. Se o seu evento fosse uma pessoa, como ele se comunicaria?

A resposta para essa pergunta irá direcionar o “tom de voz” a ser seguido nas publicações. Isso inclui a linguagem, se será mais formal ou informal, e outros detalhes que precisam ser coerentes com o público a ser atingido e o tipo de produção.

4. Considere parcerias com influenciadores digitais

Hoje em dia, grande parte dos eventos conta com porta-vozes digitais, que são influenciadores que os divulgam aos seus seguidores. Essa é uma estratégia interessante porque o público segue essas pessoas por terem afinidades com elas.

Se você vai realizar um evento voltado para saúde e bem-estar, por exemplo, ter como porta-voz uma influenciadora que aborda esses assuntos pode ser bastante vantajoso.

Entretanto, é extremamente importante pesquisar bem antes de escolher esses representantes. Lembre-se sempre que número de seguidores não é garantia de nada. É melhor ter um público menor e qualificado do que milhões de seguidores que não irão se interessar pelo evento.

5. Defina uma hashtag

As hashtags são um símbolo utilizado nas redes sociais para agregar conteúdo de um mesmo assunto. Se você fizer uma busca por #showderock provavelmente terá como resultado postagens em shows de rock.

É importante que o seu evento tenha uma hashtag exclusiva que será usada tanto nas publicações oficiais quanto dos divulgadores e participantes. Assim, ao clicarem sobre ela e conferirem mais postagens, se estimula o senso de comunidade e o desejo de fazer parte daquela produção.

6. Impulsione as postagens

Embora organicamente seja possível alcançar um público razoável através das estratégias certas, é preciso impulsionar as postagens para aumentar o alcance. Isso significa fazer pagamentos à rede social em questão para que as postagens tenham mais destaque.

Mais uma vez, contar com profissionais experientes em redes sociais se mostra necessário para que os investimentos tragam o retorno esperado.

Com um bom planejamento de mídias sociais é possível alcançar excelentes resultados e fazer do seu evento um grande sucesso!

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.