A lotação de casas noturnas nem sempre está associada com o sucesso de um evento. Muitos promotores desconsideram a segmentação de clientes e o impacto que isso causa a curto e longo prazo para os seus eventos.

No mundo dos negócios, os clientes querem ser tratados como indivíduos e isso não é diferente no ramo do entretenimento. Quando o seu trabalho é baseado em um público segmentado, os processos de organização passam a fluir melhor.

Toda casa noturna deveria praticar a segmentação, pois não é algo que só funciona na teoria e requer o que todo empresário costuma ter: conhecimento prático sobre o público.

Então, está pronto para fazer a segmentação de clientes para eventos?

Os tipos de clientes

Lidar com clientes é algo difícil, principalmente aqueles que frequentam casas noturnas. Por isso, antes de pensar em segmentação, é necessário entender como eles podem ser divididos:

Clientes de maior potencial

Estão relacionados ao valor estratégico pois podem gerar o rendimento esperado a curto ou longo prazo e, por isso, precisam ser incentivados.

Clientes com maior valor

São aqueles que costumam gastar mais, indicar o seu evento para os amigos e voltar com regularidade.

Clientes de valor estratégico

São aqueles que podem agregar valor ao seu trabalho de alguma forma, como referência para novos mercados ou para atrair novos clientes que ainda não conhecem a sua casa.

Clientes “abaixo de zero”

São aqueles que custam mais do que rendem, costumam reclamar dos eventos e têm um potencial maior para difamar a casa nas redes sociais ou para os amigos.

Quantidade não significa qualidade

O conceito de segmentação de clientes para eventos está ligado à seleção de frequentadores com perfis similares ao da imagem que você pretende transmitir para o público geral.

Dessa forma, é um erro fazer uma seleção estreita demais, pois o seu rendimento pode não ser satisfatório. Da mesma maneira, é um erro querer atingir um público muito diverso, pois isso vai dificultar uma abordagem com foco na segmentação.

Esteja preparado para receber o seu público

Empresas de gestão de eventos devem estar preparadas para acomodar um número grande de pessoas. O público espera que, mesmo em um curto período de tempo, você consiga aliar isso a segurança e conforto, pois de nada adianta comportar muitas pessoas se você não tem capacidade de oferecer uma experiência agradável para todas elas.

Utilize as redes sociais para fazer a segmentação de clientes para seus eventos

Quem deseja planejar um evento de sucesso não deve desconsiderar o poder das redes sociais na realização de uma boa segmentação. Manter perfis atualizados e alinhados com os interesses do público que se deseja atrair é o primeiro passo. Depois disso, pense em anunciar nessas redes. Os seus esforços serão mais recompensados com um custo mínimo e um imenso poder de segmentação!

Cadastre o público que frequenta a sua casa

Você conhece o público que frequenta a sua casa? Manter uma lista atualizada é importante para realizar análises e traçar um perfil fiel das pessoas que costumam participar das suas festas. Com isso, será mais fácil segmentar clientes para os seus eventos e gastar menos tempo e dinheiro com estratégias de divulgação.

Entendeu o poder da segmentação de clientes para eventos? Então, que tal conhecer uma plataforma em que você pode fazer toda a gestão do seu público, vender ingressos e ainda coletar informações importantes sobre as pessoas que frequentam os seus eventos para conseguir fazer segmentações mais assertivas? É só clicar aqui e falar com um dos nossos especialistas.

Boa sorte!