Hoje em dia, o universo digital consegue conectar várias pessoas por diversas razões, inclusive na hora de transmitir conhecimentos. É o caso do workshop on-line, que ajuda os interessados a aprofundarem os estudos em determinado tema.

A experiência é uma ótima oportunidade de encurtar distâncias e facilitar a comunicação, tanto para os participantes quanto para quem ministra a aula.

Ficou interessado(a) e deseja montar o seu? Descubra como isso é possível neste post e agregue valor para o máximo de pessoas possíveis!

Por que apostar no workshop on-line?

Maior alcance e divulgação são algumas das vantagens desse modelo de ensino que está em constante crescimento. Saiba por que você precisa apostar em organizar esse tipo de evento:

  • é um processo 100% digital que pode ser feito com ajuda de uma ferramenta para organizar e transmitir esse evento on-line;
  • pode reunir mais de um especialista em qualquer lugar do mundo;
  • tem uma abordagem mais prática, com atividades que podem ser realizadas pelos participantes;
  • permite interação dos participantes em tempo real;
  • é possível alcançar um grande e variado público, porque não existe limitação física de espaço;
  • pode reunir vários recursos multimídia, como: vídeos, áudios, imagens e apresentações;
  • é capaz de ser divulgado em diversos meios, por exemplo: nas redes sociais, por e-mail, campanhas on-line, e tudo isso com a ajuda da plataforma utilizada para vender e administrar o evento on-line.

Como organizar um workshop transmitido on-line?

Você já viu que não faltam motivos para organizar o seu próprio workshop on-line. Mas como planejar o seu? É um processo bastante simples. Para você ficar por dentro, preparamos um passo a passo para não ter dúvidas e começar a transmitir os seus conhecimentos desde já!

1) Defina o objetivo

Antes de tudo, você precisa definir qual é o objetivo do seu curso. Será para divulgar o trabalho da empresa e/ou do profissional? Ou para se posicionar como autoridade no assunto? Independentemente da opção, é necessário ter um propósito que justifique a existência do workshop, até para ajudar você a traçar o seu planejamento e as suas demais metas.

2) Faça um planejamento

Já tem o seu objetivo? Então é hora de planejar todo o resto! Lembre-se de que todo e qualquer evento começa com um bom planejamento, inclusive um curso on-line. Aqui, você vai definir alguns aspectos importantíssimos do seu workshop, como:

  • Qual será o tema? Capriche na escolha! Mesmo que você deseje falar sobre um assunto já conhecido, pense no que ele pode trazer de novidade. O essencial é que o seu workshop seja relevante, inovador e desperte o interesse das pessoas.
  • Quem será o seu público? O seu curso será para iniciantes, intermediários ou avançados? Pensar nisso ajuda na hora de elaborar o plano de aula.
  • Quem serão os especialistas? Procure profissionais que consigam transmitir o conhecimento de forma didática.
  • Quantos e quais tópicos serão abordados? Aqui, você vai definir a ementa do seu workshop. O ideal é que ele siga uma ordem de linearidade, para os participantes conseguirem acompanhar o conteúdo.
  • Será pago ou gratuito? Ao pensar nesse aspecto, lembre-se do objetivo do evento. Cobrar uma taxa pode ser interessante se o workshop for muito técnico, restrito e/ou se já for relativamente conhecido no meio. Por outro lado, é possível oferecê-lo gratuitamente se for um evento breve e/ou se você estiver procurando audiência.
  • Terão materiais extras e exercícios? Por fim, não deixe de pensar em aspectos que podem enriquecer ainda mais as aulas. Elabore uma apostila ou slides com o conteúdo do workshop para o aluno se organizar melhor, assim como exercícios que possam promover o engajamento dos participantes em tempo real.

3) Reúna bons equipamentos para transmitir

Não estamos falando que você precisa ter uma câmera de última geração ou um microfone caríssimo, mas é importante prestar atenção na qualidade dos equipamentos que vão ser os responsáveis por transmitir o seu workshop. Caso contrário, o bom conteúdo do seu curso pode ir por água abaixo se a sua câmera estiver embaçada ou se o áudio estiver muito baixo.

Duas dicas são: limpar bem a lente da câmera (seja a do celular, seja a de uma câmera profissional) e usar, se for possível, um microfone de lapela ou um gravador de som para melhorar a qualidade e o volume do seu áudio.

4) Cuidado com o ambiente da transmissão

Você até pode ter uma boa câmera e um bom microfone, mas não será o bastante se o ambiente da gravação for mal iluminado, barulhento e/ou com um fundo chamativo! A atenção precisa ficar concentrada única e exclusivamente no instrutor e no conteúdo que ele estará transmitindo. Por isso, opte por realizar a transmissão em um lugar com boa iluminação, sem ruídos ou barulhos e com fundo neutro.

5) Atenção em frente à câmera

Se você for o instrutor do workshop, lembre-se de sempre tentar captar a atenção dos participantes. Evite falar sobre o mesmo assunto por muito tempo, permanecer sempre no mesmo tom de voz e transparecer muito nervosismo ou timidez. Essas atitudes podem distrair quem está do outro lado, por mais interessante que o assunto seja.

Por outro lado, também não é uma boa ideia tentar fazer muitas piadas ou brincadeiras que possam desviar a atenção do conteúdo do seu workshop. O meio-termo é sempre o essencial!

E atenção! Fique atento às dúvidas e mensagens enviadas pelos participantes através do chat. Um tema pode não ter ficado claro e as interações dos participantes podem nortear o andamento da transmissão, se vai aprofundar um ítem, se pode falar rapidamente sobre outro que já está claro, e por aí vai.

Agora, se outras pessoas forem ministrar o workshop, não deixe de passar essas dicas para elas, que vão ajudar você a promover uma experiência de qualidade para os participantes.

6) Opte por uma boa plataforma para o seu evento

Tudo planejado para a transmissão? Então é hora de escolher a melhor ferramenta para o seu workshop online! Ela será responsável pela transmissão ao vivo e por proporcionar interações com os participantes. Sendo assim, busque por uma plataforma que:

  • seja segura tanto para você, quanto para os participantes;
  • permita a comunicação em tempo real via chat (como a solução de dúvidas e demais interações), o compartilhamento de tela e anexar arquivos durante a transmissão;
  • seja fácil de acessar e tenha boa usabilidade;
  • ajude a divulgar o evento;
  • mantenha uma comunicação ativa com os alunos, antes, durante e após o evento;
  • permita que os alunos participem das aulas, enviem dúvidas e interajam durante o curso;
  • tenham um bom suporte on-line em caso de dúvidas e/ou esclarecimentos;
  • permita gravar a transmissão ao vivo e disponibilizar o vídeo aos participantes posteriormente.

7) Escolha a plataforma para administrar o seu workshop on-line

Você já escolheu a ferramenta para a transmissão, aprendeu sobre os seus recursos e pensou em como irá ministrar o seu evento on-line ao vivo. Mas e os participantes?

Toda a sua estratégia deve ser feita pensando em um público e você precisará de uma plataforma para fazer a gestão dele.

Para isso, analise quais empresas oferecem não só a venda da inscrição para o curso, como também:

  • captam informações sobre os participantes no momento da inscrição;
  • gerenciam todas vendas de ingresso do seu evento;
  • permitam interagir com os participantes antes mesmo do evento ocorrer, através do envio de e-mails;
  • enviam o link da transmissão previamente;
  • tenham um suporte disponível e acessível.

8) Divulgue o seu workshop on-line


Quando estiver tudo planejado para o evento ao vivo, é hora de divulgá-lo! Procure estipular uma data mínima para a sua divulgação, como um mês de antecedência, e pesquise em quais meios o seu público-alvo está.

No mundo on-line, verifique onde os seus possíveis alunos estão concentrados, se é no Facebook, LinkedIn, Instagram ou em outra rede social, e invista na divulgação dentro desses espaços, que pode ser orgânica ou paga.

Mas não se esqueça de divulgar o seu workshop no meio off-line também. Ambientes como escolas ou faculdades costumam concentrar um bom número de pessoas interessadas nos mais variados temas, incluindo o do seu workshop.

9) Disponibilize certificados


Por fim, ao final da transmissão do seu workshop, não deixe de oferecer um certificado de conclusão aos participantes.

Isso é positivo não só para os alunos, que podem incluir mais um certificado em seus currículos e portfólios, mas também para você, que terá o seu curso divulgado.  

Conclusão

Entendeu como é possível garantir uma experiência inesquecível para o participante do seu workshop on-line? Essa é também uma excelente oportunidade para aumentar a sua autoridade no assunto que você deseja.

Lembre-se de que uma grande responsável pelo sucesso do seu curso ou workshop é a plataforma de gestão de participantes on-line. Não economize na pesquisa e certifique-se de que a plataforma eleita garanta a total administração do evento, dos participantes, da interação entre ambos e da sua divulgação.

Para organizar o seu workshop on-line da melhor forma possível, conheça essa ação que torna possível incentivar os estudos e a transmitir conhecimentos sem precisar sair de casa. Tudo certo? Então mãos à obra!

Ah, e não deixe de assinar a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!