Festas juninas: uma mistura de tradições, brincadeiras, danças e receitas saborosas. Alguma dúvida de que essa celebração é sucesso garantido no Brasil? Pois é, o evento de festa junina tem proporções gigantes em diversas partes do país. É uma data que movimenta a economia, gera empregos temporários, promove a socialização e a valorização cultural.

Se você é um produtor de eventos que inclui essa festividade no seu planejamento anual, siga a leitura com a gente! Vamos trazer algumas dicas de como fazer um evento de festa junina de sucesso.

Checklist na mão, bora começar!

Todo bom evento precisa começar com um checklist. Ele te dará a noção do que está por vir e garantir que nada ficará para trás. Mas, o que é mesmo um checklist? Trata-se de uma lista de verificação para te ajudar a reduzir falhas. É uma estratégia para não deixar tudo por conta da memória e atenção humana. É uma ação relativamente simples e que ajuda a garantir consistência e integridade na execução de uma tarefa.

É importante reforçar que, não precisa ser um checklist para a organização do evento como um todo. Você pode criar um por etapa. Como assim? Simples! Um checklist para cada fase da produção, sendo:

  • Planejamento;
  • Contratação de fornecedores;
  • Gestão da equipe;
  • Dia do evento;
  • E por aí vai.

Mas, cuidado para não se perder com tantos checklist. É importante delegar responsáveis por cada uma das áreas. Essa pessoa ficará com o compromisso de conferir e monitorar a sua lista de tarefas, além de coordenar sua equipe.

E você, como produtor do evento pode ficar por conta do controle geral das demandas, como: definir local; data; hora; convidados; comidas e bebidas; trajes; músicas, decorações, brincadeiras, etc.

5 passos que não podem faltar na organização da sua Festa Junina

1. Planejamento

Na organização de qualquer evento o planejamento é indispensável, portanto é importante colocar as ideias no papel. Não pense que, por ser muito conhecida, uma festa junina não demanda esforços. As festas não são iguais e sua produção demanda dedicação para mostrar a nossa tradição, além de envolver e surpreender o público.

No seu planejamento não pode faltar:

  • Perfil do público;
  • Orçamento - ou seja, até quanto você pode investir;
  • Estrutura - se será em local aberto ou fechado;
  • Estilo da festa - se será um show, arraial, quermesse e, até mesmo se será beneficente ou não.

Depois de mapeado e definido os aspectos gerais da festa, é preciso seguir nas decisões das ações por partes.

2. Quando? Onde?

Com o perfil da festa e do público definidos é hora de determinar o local, a data e o horário.  O local deve atender as necessidades de segurança e infraestrutura, como banheiros adequados, acessibilidade para deficientes, sinalização, local de fácil acesso, etc.

Já a data deve ser definida estrategicamente, para que não coincida com outro evento importante na cidade. E, por fim, o horário deve ser definido com base no público do evento. Analise a faixa etária e o perfil da sua audiência para definir qual horário será mais atrativo.

3. Como divulgar?

Nesta fase já está quase tudo encaminhado. Mas, sem público nada feito! Portanto, tenha clareza sobre qual o perfil do seu público e planeje os melhores meios de atingi-lo. Se for um público com baixa interação nos meios digitais, faça ações promocionais em praças e locais que este público frequente.

Mas lembre-se de levá-lo para o local das vendas, mesmo que esse local seja no ambiente digital. Se for um público mais conectado à internet (principalmente às mídias sociais), você pode conseguir “viralizar” a informação, fazendo-a chegar em mais pessoas em um curto período de tempo.

4. Comidas, bebidas e entretenimento

Aqui, certamente, é o ponto alto da sua festa junina. A comida e os entretenimentos são os principais laços afetivos do público com o evento. Garanta um cardápio variado e aproveite os alimentos da época. É importante deixar claro para o público se o ingresso inclui comes e bebes ou se precisarão comprar no local.

Já o entretenimento vai exigir criatividade para não cair na mesmice de toda festa junina. Algumas opções são indispensáveis, como a dança típica, as barracas de jogos, etc. Abuse da imaginação e se permita promover um evento que leve os participantes aos tempos de criança e adolescência.

5. Onde vender os ingressos?

Vendas presenciais ou online? Certamente as compras de ingressos online potencializam, e muito, suas vendas. Através de uma plataforma online você conta com benefícios como: controle em tempo real das vendas, controle de demanda, além das facilidades para seu público, que ficará muito mais satisfeito comprando ingressos no conforto da própria casa.

Mas, não se esqueça: seu público precisa ser considerado na hora de definir a melhor forma para vender os ingressos. É preciso pensar na acessibilidade e familiaridade do público com as vendas digitais! Cerque-se de todas as possibilidades.

Junho já está aí! Preparado para o Arraiá? No nosso blog temos mais conteúdos sobre como organizar uma festa junina de sucesso. Clique aqui e confira.

E, se você está procurando um sistema que simplifique a gestão dos participantes do seu evento, conheça o Lets.events. Na mesma plataforma você vende ingressos e gerencia listas de convidados. Clique aqui para conversar com um dos nossos especialistas e conhecer nossas soluções para eventos de Festa Junina.