Entenda mais sobre precificar ingresso

Você sabe como precificar seu ingresso corretamente? Veja as dicas

Profissionais que trabalham com vendas em geral podem enfrentar dificuldades para colocar preço nos seus produtos e serviços. Entre organizadores de eventos essa dúvida está relacionada à forma correta de precificar ingresso, encontrando um equilíbrio entre um valor acessível que gere lucros.

Mesmo que esse não seja o seu caso, e você já tenha o hábito de precificar, é válido saber mais sobre o assunto. Assim, poderá verificar se está seguindo os melhores passos e aperfeiçoar essa etapa das suas produções.

Importância de precificar ingresso corretamente

A venda de ingressos é a principal fonte de capital para organizar um evento. Afinal, embora exista o patrocínio, são valores complementares.

Realizar um projeto, seja de pequeno, médio ou grande porte, envolve uma série de custos. Então, o organizador precisa pensar que o valor dos ingressos deve ser capaz de cobrir todos eles e, claro, gerar lucros.

Se a precificação é feita sem os cálculos corretos, o risco de não sobrar nada ou até ter prejuízos se torna muito grande. Não dá para simplesmente definir um valor padrão para os ingressos, além de acompanhar a média do mercado é fundamental ser estratégico.

Diferentemente de produtos, em que os preços são baseados considerando principalmente os custos e a margem de lucro, quando se trata de um evento as coisas são diferentes. Mais do que uma mercadoria, as pessoas estão comprando uma experiência, então esse valor que não é medido em números também deve ser levado em conta.

Como precificar ingresso de eventos?

A precificação de ingressos pode parecer complexa no início, mas com a prática se torna mais simples. O importante é considerar todos os fatores necessários para chegar a um valor atrativo que gere lucros. Confira os passos a seguir e veja como fazer isso!

Faça o orçamento do evento

Primeiramente, levante todos os custos do evento, como a locação do espaço, os equipamentos, a contratação da equipe, inclua tudo. Mesmo que esse valor possa variar para mais ou menos no decorrer do projeto, é necessário ter uma noção inicial.

O orçamento da produção servirá como um norte para você verificar se o valor que pretende cobrar pelos ingressos está condizente com os custos. É uma forma de ter maior controle da situação e até gerenciar a venda de modo mais eficiente.

Verifique a média dos preços de eventos similares

Além do cuidado com o orçamento, é preciso considerar a média do mercado. Colocar um valor baixo demais pode gerar uma imagem ruim do evento, enquanto um valor muito alto poderá espantar o público.

Para uma noção mais clara, pesquise os valores dos ingressos de eventos similares na mesma região. Com uma simples busca online será possível obter essas informações e incluí-las no processo de precificação.

Conheça o seu público-alvo

Não dá para definir o preço de nenhum tipo de produto ou serviço sem conhecer o público-alvo. Afinal, o preço é também um direcionador do nicho que se deseja atingir. Então, conheça o seu público e saberá a faixa de valor que ele está disposto a pagar para participar de um evento.

As pesquisas são ótimas para isso, pois trazem essa visão que muitas vezes o organizador não tem. Inclusive, é interessante realizar periodicamente essas pesquisas com o público. As respostas para questões relacionadas a valores, interesses e outras preferências serão boas direcionadoras para projetos futuros.

Considere a margem de lucro

Além dos pontos anteriores, lembre-se de considerar a margem de lucro, ou seja, o valor que irá sobrar quanto todos os custos forem quitados. Esse montante deverá ser suficiente para pagar pelo seu trabalho como organizador e ser aplicado na sua empresa.

Fazer essa divisão é essencial para que o seu empreendimento cresça. Simplesmente gastar todo o dinheiro sem se planejar não é a escolha mais inteligente. Lembre-se que como autônomo precisa investir no negócio e se manter nos meses em que não houver evento.

3 Dicas para usar a precificação de ingresso estrategicamente

Após saber mais sobre o cálculo para precificar ingresso, é interessante conhecer maneiras de usar o preço estrategicamente, acompanhe!

1. Crie diferentes categorias de ingresso

Um mesmo evento pode alcançar públicos diversos através da criação de várias categorias de ingresso. A categorização pode ser feita de acordo com a proximidade do palco, como no caso de shows em estádios, ou ter outros critérios.

Um festival de música pode ter dois tipos de ingresso, o comum e o da área VIP, em que pode ser oferecida uma visão privilegiada do palco e open bar. Mais uma vez, é interessante conhecer as preferências do público para essa categorização.

2. Realize a venda de ingressos em lotes

A venda de ingressos em lotes é ótima para estimular a venda logo nas semanas iniciais. Trata-se de uma estratégia bastante simples, definir valores crescentes que serão cobrados gradativamente.

Por exemplo: as vendas iniciam no primeiro lote com um valor promocional e quantidade limitada. Quando o limite é alcançado, passa a valer o segundo lote, com ingressos a um valor um pouco mais alto. Assim, o preço vai subindo até chegar no último lote.

Para que, além de muitas vendas, a estratégia não gere prejuízos, o valor de cada lote deve ser devidamente calculado. Lembre-se de considerar o valor máximo que é viável chegar no lote final para definir os anteriores.

3. Faça promoções relâmpago

As promoções também são ótimas para aquecer as vendas e atrair mais atenção para o evento. Elas podem ser anunciadas durante uma live no perfil oficial do evento ou por divulgadores, como embaixadores da produção.

Uma forma simples de fazer isso é através de cupons de desconto. Programe uma quantidade máxima de cupons na plataforma de eventos. Então, quando encerrar, o valor retornará para o anterior.

Conclusão

Precificar ingresso corretamente é fundamental para atrair o público e alcançar os resultados desejados. Mais do que cobrir custos, o preço pode ser usado estrategicamente para aquecer as vendas e ampliar a divulgação do evento.

Quer conferir mais conteúdos informativos e dicas sobre o setor de eventos? Navegue por outras postagens do Lets.blog e aproveite!

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *